16.6.08

Para voltar

A temperatura até que estava alta para uma tarde de meados de junho, mas a sensação térmica pedia por uma blusa de manga comprida reforçada, já que o vento bagunçava os cabelos e assoviava alto ao pé do ouvido. Entrei no carro e, como pouco gosto de fazer, fechei o vidro da minha janela. Recostei a cabeça nele e observei os pedaços de chão entrando embaixo do carro em movimento, ou, sob outra perspectiva, o carro passando por cima da rua cheia de pegadas, passos, marcas, freadas, histórias. Tanto faz. Vi bicicletas, pessoas correndo, algumas paradas também passaram. Passou um posto de combustível, uma doceria, uma lanchonete. Passava tudo quase tão rápido quanto a minha presença em cada um daqueles trechos de cidade.

O sol estava se pondo e as nuvens, que pedrentas explicavam que haveria chuva ou vento no fim do dia, também já tinham deixado claro que não iriam permitir que a bela estrela desse seu adeus com ar glorioso. Ele daria lugar para a lua (que já dividia o lado oposto do céu desafiando sua majestade) sem despedir-se formalmente, sairia à francesa. Mas, de forma tímida, como que para não desapontar, preparou uma surpresa. Quando o carro seguia por mais uma rua, que levaria para a saída da cidade, dezenas de plátanos com folhas avermelhadas pelo outono nos davam tchau. Mesmo fraco, o sol abençoou as árvores magras com uma cobertura dourada imortalizando um momento que, até então, era simplesmente uma passagem por cenários urbanos comuns e confundíveis.

6 comentários:

Fabio Chiorino disse...

ah se todos os boletim meteorológicos fossem assim. Muito bom, Tha

Thais França disse...

Fabinho, obrigadinha! Faz tempo que não passo no HS. Minha vida está mais corrida e menos saborosa. bjos

Paulo disse...

Thais
Você mencionou os plátanos e eu me lembrei de Feira de Santana, lá havia muitos deles , todos bonitos ao vento como descrito por você...
Seu pai, Paulo

Thais França disse...

Em Feira? Definitivamente não lembro... certeza?
Saudade de comer milho assado nas festas juninas da infância baiana!
bj, meu pai, Paulo! (hihihi)

Evandro disse...

Oi Thá!
Poxa adoro ler o que vc escreve!
Quem me dera escrever assim! =)

Vou postar a tabela! E logo posto um antes e depois!

Bjosss
Boa semana!

Thais França disse...

Legal, Evandrexxx!
bj!