23.10.08

o fim

Desculpa, eu sei que você esteve comigo por dias e dias e sei que pareceu que eu realmente me importava com você. Sei também que eu disse ser apaixonada por você mais de dezenas de vezes. Inclusive, declarei isso na frente de outras pessoas. Eu sei. Não que eu quisesse te deixar apaixonado, não que eu quisesse que você acreditasse que era sentimento de fato, de verdade, real, algo além de saliva e mordidas. É que sempre que nos víamos eu precisava de saciedade imediata e lá estava você, e lá estava eu dizendo bobagens. Desculpe. Você tem que entender que não tem nada e nunca teve nada de concreto e profundo entre a gente, só uma troca de energia fluida e quente. Saborosa sim, mas nada que envolvesse intimidade, só um relacionamento superficial e deliciosamente sem cobranças. Agora que isso mudou e me dou mais valor, tenho que colocar um ponto final. É sério. Esqueça de todos os bons momentos. Quando tiver dúvidas, lembre da minha voz repetindo com força e crueldade: Mc Cheddar, você está fora da minha vida. Você e suas batatinhas crocantes cheias de sal, que ficam ótimas com ketchup.

13 comentários:

Fabio Chiorino disse...

Nãaaaaaaaaaaao! Nunca abandone um Mc Cheddar. É o meu prefeiro desde que foi criado. Eu sempre prometo escolher outro lanche a cada ida ao Mc e sempre descumpro a promessa.

Paulo disse...

Thais
Até que enfim vc caiu na real, isso é coisa do capitalismo , coma salada, fruta e viverá por muitos mais anos sempre saudável
Seu pai, Paulo

Renata disse...

Adooooroooo Cheddar McMelt!!! É realmente viciante. Eu já abandonei a compra das batatas (só pego uma ou duas de quem estiver comigo, afinal ainda não sou de ferro!), mas o sanduba é sempre este. Eu sempre penso em experimentar outro, mas só vou pensar nisso de novo, qdo estou nas últimas mordidas. Penso: da próxima vez vou experimentar o Mc qualquer coisa só pra variar... Pra acompanhar um milkshake de morango, extra-doce, para suplantar todas as carências.

É muito bom!

Aviso: seu pai tem razão!
Melhor diminuir as idas ao Mc e adotar uma postura mais natureba...

Boa sorte na sua cruzada anti-Cheddar.

Beijos

Thais França disse...

Rssss eu não sabia que o Cheddar Mc Melt era tão querido, acho que deveriam pensar em substituir o Big Mc Day pelo Cheddar Mc Melt Day, para mais criancinhas com câncer serem ajudadas! Calma, Fábio, é que estou de dieta... logo 1x por mês poderei comê-lo, mas nunca mais td semana, rs

Thais França disse...

Pai, prefiro ter colesterol alto e comer chocolate a ser biologicamente saudável e emocionalmente faltante, rssss (sim, pode dizer que é besteira...)

Rê... lembra dos nossos MC's? :)

Marina disse...

sopaksoakspoas'
eu sempre pego o BigMc, mas nunca podemos abandonar um lanche do Mc !
eu bem que queria comer mais salada, frutas e tal, mas porcarias são tão mais gostosas, e elas tiram nossa depressão. só por um tempo na verdade, depois a gente vê as gorduras e entra em depressão de novo ! kspoakspoaksokao'

beijo :)

Juliana Gonçalves disse...

E eu achando que era um texto de amorzinho...haha

Beijos!

Ricardo Pieralini disse...

Tá brincando comigo?

Bru disse...

Adoreiiiiiiiii...
não sei se é pq em um primeiro momento acreditei que tinha um pouquinho de semelhança com uma desilusão amorosa recente em minha vida...
ou se é pq no final eu faço a mesma coisa com o big mac ou com o quarteirão ou até mesmo com o mc fish e nunca consigo.. rs

Thais França disse...

Bru, "Boca" (heheheh), Ju e Marina... não acreditem em 100% do que se encontra aqui no No Mezanino... hihihhihi


Mas.. estamos dando mesmo um tempo. beijos!

Thais França disse...

Bru, "Boca" (heheheh), Ju e Marina... não acreditem em 100% do que se encontra aqui no No Mezanino... hihihhihi


Mas.. estamos dando mesmo um tempo. beijos!

Carla disse...

Muito criativo e bem escrito esse texto, Thais! Adorei!!!
Bjos, Carla

PS: Te conheci aquele dia na visita que fiz à Prefeitura com o Claudio Maia. ;)

Carla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.