6.5.09

testemunhas mais que oculares

Uma delas ia casar, as outras três seriam madrinhas. A responsabilidade da primeira era bem menor que das outras. Ela podia estar cega de amor e fazer uma loucura apoiada em emoção, mas as outras assinariam, lúcidas, aquele contrato que, um dia, acreditou-se que duraria até que a morte separasse as partes interessadas.

A que ia casar pensava no vestido, nas cores da decoração, nas lembrancinhas, na lua-de-mel. As outras pensavam se estavam fazendo a coisa certa ou se deveriam conseguir um atestado para o final de semana que se aproximava.

No dia D as três entraram na igreja lotada. As três, pensativas e angustiadas, estavam a postos no altar e suavam frio enquanto a marcha nupcial tocava e a primeira, reluzente de alegria, cristais e maquiagem, desfilava pelo tapete vermelho. Na hora da pergunta “e se alguém tem algo contra, diga agora ou cale-se para sempre” as três se entreolharam e, solidárias, selaram a boca com o olhar recíproco e confidente.

Quando os noivos saíram da igreja de mãos dadas e alianças pesando nos dedos, elas seguiram atrás com lágrimas nos olhos. Tinham assinado como testemunhas a sentença da primeira e, mulheres que eram, fizeram-se acreditar que no final tudo daria certo. Aproveitaram a festa e fugiram do buquê.

6 comentários:

Anônimo disse...

Me fez imaginar o casamento da Valquíria. Nesse dia acho que um monte de mulheres correria para pegar o buquê. Afinal, todos acreditando que no fim tudo daria certo; se até a alta, corcunda, desengonçada e triste estava se casando, então.....

Bj Thais

Cláudio Maia

Thais França disse...

Rssss, Cláudió, é verdade, tem pra todo mundo!

Fabio Chiorino disse...

ufa. Ainda bem que não casei na igreja rs
beijão, Thais

Marina ♥ disse...

Nossa, nunca pensei dessa maneira. Que as madrinhas são tão importantes assim. Acho que vou pensar muito quando escolher minhas madrinhas, e se for chamada a ser uma também.

Tem um selo pra você no meu blog :)

Beijos

Raquel disse...

Oi...

Pois é história meio veridica essa vi-se tenho uma amiga minha que vai se casar agora em setembro e eis que sou testemunha disso...ahahah...pois e...ela pode ta meio loka mas eu lucida vou ter que ir la confirma...hauahua...

Adorei o blog...
Se quiser visita o meu também:

http://kriativa.zip.net

Bjks

Thais França disse...

Meninas... ser madrinha não é bolinho... ~;)
Eu acho responsabilidade... mas... há quem queira usar o vestido mais bonito e só.

Visitarei os blogs!