15.10.09

(sou brasileira, não desisto nunca)

Quando penso em você muda o dia. O céu nublado ganha sol e as flores murchas se abrem coloridas todas! Pensei um pouco se era certo te querer, mas não tive resposta, porque não se trata de ser certo ou errado, mas se você é digno ou não do meu amor (já tão grande) por você. Pois é, vai saber... é que quando encosto no teu peito tudo se confunde e eu fico boba, meio semidebilmental. Vamos então soltar o varal de cordinhas sem nós intermediários. Vamos descer a ladeira de carrinho de rolimã sem freio. Vambora, como você diria, vamos parar de babis-blow. Que onda, gatão! É isso aí, velho. Sem medo. O que sinto é massa, é cabuloso. Conto alguns detalhes só pros brothers, o resto é segredo nosso. Baccios. E vem logo me ver.

3 comentários:

Luís disse...

Princesa....vou voando com minha guitarra elétrica pra podermos cantar músicas sobre peixes, elefantes e sobre apêndices e amigos!
rs
Beijos

Luís disse...

التايلانديين وفرنسا ، وأشكر لدينا كريمة الله قد وجدت لكم.
لدينا الآن مسارات متشابكة.
فليكن.

Thais França disse...

ahahahahahhahahah

que péssima blogueira! sumi e só hj vi estes recaditos!