26.4.13

Um fantasma

Ontem a noite eu vi um fantasma. Ele não me assustou, nem perto de mim ficou. Mas me fez lembrar de dois tempos: um bom e outro ruim. Sai, fantasma, não me deixou dormir! Agora deixe-me ficar acordada sem pensar em você. As lembranças injustas me fitam e atormentam através de seus olhos azuis.

2 comentários:

Anônimo disse...

Não posso não comentar nada né? Saudades de vc, de conversarmos desenfreadamente... Ah, não te acho piegas não hahahhHaha

Thais França disse...

:) mandei um sms e vc nem tchum!