25.3.09

Workaholic

Tem dia que a dor nas costas é pior e tem dia que lembro que existia uma tal de LER. Tem dia que reparo que a cadeira está mais alta do que deveria, e que a posição do monitor não atende às normas. Tem dia que o sol se põe e a lua me observa ao longe, tímida, no quadrado da janela do escritório. Geralmente nesses dias, quando vou embora antes das 21h30, acho incrível! Uma conquista. Nesses dias penso: “queria correr, queria fazer academia, queria ver mais tv, queria ir ao shopping em plena segunda-feira, queria...”. Mas aí, ao desligar o computador, apagar a luz e por o celular no bolso... me dá uma saudade do expediente!

E eu pensei nessa música para acompanhar. Não sei por quê. Ela combina muito mais com o final de semana... (que, juro, não vejo a hora de chegar)

2 comentários:

Anônimo disse...

“Eu voltei, agora pra ficar.
Porque aqui, aqui é o meu lugar!”
Música por música, esta, hoje, combinaria muito mais com vc!!!
È Roberto Carlos, tudo bem!!! Vc é de outra geração, mas é que “a dança da motinha” não diria nada sobre a sua volta.
Horas, momentos e trabalho certos vc tem aqui!!! – Volta!?!?!?
Bj Thaís,

Cláudio Maia

Thais França disse...

Ahhhhhhhhhhhhh
Agora vc me ofendeu!
Dança da Motinha como referência?!
Sou da época de coisas bem melhores... e sou anos 80, puxa vida!

bjinhos, Cláudio, tentarei dar uma animada nisso aqui. É que o tempo (aliás, música do Pato Fu, da minha época, e bem melhor que Dança da Motinha)está bem pequenininho.