30.3.09

Vida, uma conhecida minha.

Enquanto o blog estava em coma, a Vida vivia. Mas de praticante de exercícios leves a Vida passou a triatleta. Está correndo, pedalando, nadando, sempre numa velocidade alta demais. E na correria grava os momentos, tira fotos, manda por e-mail uma newsletter de vez em quando. A Vida bateu recordes de velocidade em pouco tempo e acabou percebendo que as pernas não agüentariam. Foi ao shopping e comprou rodinhas. Já trocou umas seis vezes desde janeiro, quando engrenou nessa rotina sem freios nem pára-choques. A Vida, portanto, está ficando doidinha. Semana passada saiu pulando de pogobol pela rua, pelada, gritando. Nesta segunda-feira pulou do alto de uma sacada, achando que era gato e que cairia sobre as quatro patas. Por sorte voou. A Vida está tão rápida que acelerou pro futuro e conseguiu acertar os movimentos exibidos naquele filme Matrix. A Vida pirou mesmo. Foge de balas, de socos, de enxurradas de línguas maldosas que caem afiadas do céu querendo cortá-la em pedacinhos. E foi assim que desenvolveu nova habilidade: ficar invisível. A Vida está evoluindo absurdo. Ela acaba entrando em crise de nervos quando percebe. É que são movimentos bruscos demais. Contei que ela virou elástica? Pois é, coisa que só Charles Darwin e Einstein juntos poderiam entender e explicar. O mais intrigante é que está cada dia mais doida, mas também cada dia uma doida mais lúcida. É controversa mesmo. Aí, quem explicaria seria Freud. Ou não. Deve estar tomando ginko biloba, guaraná em pó e ginseng. Vive de olhos abertos. Não dorme. Às vezes dá um medo da bichinha! Ela anda com tudo. Voa com tudo. Mergulha 100%. E quando você vira, ela já foi. Ta lá na frente. De cabelo em pé, mas com um lacinho pra enfeitar.

7 comentários:

Andre disse...

kkkkk

tá muito engraçado isso, Thais...reviveu e já ta assim?

Thais França disse...

Não sou eu. É uma amiga minha. Enquanto o blog estava em coma ela seguia nessa doideira. Sorte que sou uma pessoa equilibrada... diferentemente dela claro.

Fabio Chiorino disse...

todo desequilíbrio é sinal de que a inércia foi interrompida. Sinal de que o estado de coma se foi. E não só a autora, mas todos os leitores do No Mezanino respiram um pouco mais aliviados, um pouco mais felizes

Thais França disse...

Ahahaahha! Obrigada fiel leitor Fabinho. Bjokas pra vc e pra Maria Eduarda!

Kiara Guedes disse...

A evolução... a evolução.

Estou feliz que este blog tenha voltado a vida depois de seu coma... Será como nos filmes?... Que qdo se acorda dos comas, se tem poderes especiais?... Ohhhhhhhhhhhh... rs
Bjs meus

Felipe Virolli disse...

Oiii. Muito legal o blog. Se gostar de futebol, visite o meu: http://www.futebolismo.com.br ou http://futebolismo.zip.net Abraços.

Thais França disse...

Kiara, infelizmente nada de poderes mágicos por aqui... aliás, vc preferiria ser invisível ou voar?

bj