26.8.08

pensando em quereres ...

- Quero ter um apartamento com pouca parede e uma bela varanda numa rua larga/avenida arborizada (não tem problema ter barulho, mas tem que ter luz ambiente bacana contrastando com as folhagens que deverão formar um corredor dividindo as mãos da rua larga/avenida).

- Também quero um New Beatle amarelo (me dei conta que é meu preferido depois do Mini – nada acessível – no fim de semana. O marido da minha amiga quer que ela compre um e ela está titubeando... estou trabalhando para ajudar a colocar a cabeça dela logo no lugar e ela aceitar a idéia).

- Quero poder escrever bem em algum lugar, quero ser cronista um dia. Mas de verdade, e nacionalmente reconhecida. Ou mais.

- Sempre quis um irmão gêmeo, mas isso sempre foi impossível e desde cedo aprendi que existem coisas que estão além do nosso alcance e, as que não estão, precisam de uma forcinha para serem conquistadas. “Tamoaê”.

- Queria que meu cabelo estivesse como há uns meses, antes de eu cortar. Mas eu tenho certeza que se eu não tivesse cortado estaria marcando horário no salão ou já teria cortado e daqui uns meses teria me arrependido, ou seja: ok.

- Queria pelo menos dois abraços do Lu por dia (daqueles que é só abraço mesmo), uns quatro beijões e uns pares de beijinhos.

- Queria comprar um shopping com tudo dentro e ficar uma semana sozinha nele, só me divertindo! Hehehe!

- Queria um monte de coisas que o dinheiro compra, como uma lipo e os dentes mais brancos do mundo, mas meu dinheiro anda curto e me contento com greve de chocolate e de massas e pasta dental Whitening.

- Queria uns dias de férias de mim, só pra querer voltar pra mim de novo e me sentir aliviada de eu ser eu e não outra pessoa. Só pra ter certeza, sabe?! Outro dia minha mãe perguntou se eu queria ser outra pessoa. Não queria não, mas seria legal saber como é. Se hoje eu pudesse escolher, queria um dia ser o Phelps, no outro o Eric Moussambani (lá nos 15 min de fama dele) e no outro eu mesma, mas com 9 anos, na aula de natação. Depois voltaria pra mim mesma hoje e pensaria “devia nadar”.

4 comentários:

Fabio Chiorino disse...

com tantos quereres em pauta, só gostaria de dizer que o meu primeiro e talvez único sonho de consumo realmente verdadeiro e que não faria qualquer diferença na minha vida é um New Beatle. Mas preto!

mari disse...

hehe, também adoro new beatle amarelo! lindããão...
essa de ter um irmão gêmeo foi boa!

só pra constar vejo seu blog direto! até assinei seus feeds... eu não comento :), mas adoro seu textos!

beijos :D

Paulo disse...

Thais
Você é incrível, consegue escrever coisas simples de uma forma simples que todos entendem, ser feliz, ser você mesma, essa é a melhor forma de se enxergar, assim é o que eu faço e me vejo.
Seu pai, Paulo

Thais França disse...

Pai corujaaa! bj

Fábio, não pude não lembrar da música "Fuscão preto"... não, ao contrário do que a VW pretendeu, óbvio que o New Beatle não é um fusca, mas ele bem que preenche reminiscências... não?! Realmente tem sua magnitude!

Mari, obrigada por passar aqui e deixar um oi! Sempre bienvenida!