19.9.08

17 de novembro de 2007

Pernas e pernas, coxas. Estômago borbulhante encostado no dele. Costelas cobertas. Próximas. Carne. Seios inflados num sutiã de armação, adrenalina correndo nas veias, artérias e músculos, e na gordura localizada, e na pele e nos pelos. Amassam o peito dele, empurram, sentem, saboreiam. Braços, abraço, mãos de um lado ao outro das costas. Pescoço nu, perfume cru, pescoço cru. Gosto sem cozer. Oxigênio em abundância enche os pulmões, inspira, expira, ar quente em pouca distância. Boca, língua, dentes, lábios, papilas e braços e pernas e pescoço cru. Olhos fechados para imortalizar e fazer real. Ouvidos abertos fazendo a música penetrar. Boca. Língua. Lábios. Papilas. Braços e pernas e mãos. Aroma, sabor, textura. 17 de novembro de 2007, semana passada, semana que vem.

3 comentários:

Paulo disse...

Thais
Que aconteceu em 2007?
Seu pai, Paulo

Daniella disse...

Aproveita esse friozinho...

Bjs!

Daniella disse...

Aproveita esse friozinho...

Bjs!