19.2.08

textinho da mamãe

Devo meu gosto pela escrita e leitura à minha mãe. Além de sempre preferir suspenses e bons autores para companhia, ela vez ou outra escreve algo. Fazia tempo que não lia nada que não fosse um discurso para alguém, uma palestra, uma oratória. Eis que recebo por e-mail um textinho muito bonitinho. Despretensioso, simples, curto. Achei uma graça. Está aí, ó:




Aos poucos, como se tivesse dificuldade para avançar, ela deu um passo a frente, perturbada, pois não era de seu feitio ser tão curiosa. A estranha sensação de estar interrompendo algo muito íntimo fez com que ela tivesse a vontade de voltar correndo e novamente esconder-se debaixo da cama. Mas, não, ela não iria fazer isso, afinal, era a primeira vez que a cena se desenrolara na frente dela e não poderia passar em branco. Ela deu voltas, se aproximou devagarzinho, observou, esticou-se o máximo que pode e espiou.

É aí, então, que seu coração se acelera com o movimento brusco e, com susto, ela se desprende do chão e corre em direção ao nada, fugindo do desconhecido, sonhando acordada com o aconchego dos braços que ela ama. Mas o barulho na sala continua. A curiosidade volta com força total e, numa carreira graciosa, ela se atira sobre as pombinhas que invadiram nossa sala de jantar e abana o rabo satisfeita.

6 comentários:

Telma disse...

Oie!
Lindo seu comentário! Até criei vergonha na cara, lembrei a senha e postei uma coisinha (inha!)...rs.
Bjs.

Anônimo disse...

Oi Linda...

Explicado quem plantou a semente!

Luciano

Fabio Chiorino disse...

excelente. Nada como uma boa combinação genética. Está aí uma boa amostra do que pode vir a ser um mezanino.

Renata disse...

Agora descobri que vc é a peixinha, pois filha de peixe...

Achei que ia te ver na ginástica. Fui as 18h00 hoje e nem sombra de tu... Ao sair ia te ligar, mas acabei dando carona para Neila, depois peguei a Gi na dança e levei no dentista e... passou o momento!

A gente se fala. Saudades. Beijos.

Paulo disse...

Thais
Sua mãe sempre escreveu muito, bem não me surpreendeu...
Seu pai,

Thais França disse...

Pai, agora que percebi oq vc disse por telefone sobre o erro da vírgula... dá pra perceber que foi um equívoco... don´t worry!

bjos