10.10.07

cantiga de ninar

É sobre o que você menos fala e sobre o que não quer pensar que mais te queima o peito. É esse assunto não dito que fica escondido nas esquinas, espalhado pelas cidades e sob as roupas pouco usadas na gaveta, mas que sempre encontra momento oportuno para pular e te assustar.

É sobre o que você menos fala e sobre o que não quer pensar que mais te queima o peito. E é este assunto ignorado, tratado com falsa indiferença, tentando ser esquecido, que te espera acordado para dormir na sua cama, velando um sono que não vem com suavidade.

Um dia você acha que apagou o assunto, e seu consciente até o deleta mesmo, mas não entende porque dormir é tão desconfortável. É que o assunto te nina baixinho com o refrão de uma música: "você vai me ouvir daqui a mil anos, você vai me sentir numa sala vazia".

5 comentários:

renata disse...

Eu fiquei triste! Melhor dizendo, revoltada!

Mude a frequência dessa rádio que toca essa canção de ninar obscura, obsoleta, obstrutiva e vaticinante.

Chega disso mulher!!!!

Fabio Chiorino disse...

O assunto ignorado se escondendo embaixo da cama como os monstros de nossa infância foi uma alegoria brilhante. Discordo da Renata. Há aqueles escritores que transformam (com habilidade) a tristeza quase numa necessidade. Beijo, Tha

Thais França disse...

Obrigada Fabito e Renata...
Escrever ajuda a espantar monstros invisíveis, mesmo que a imagem também nos persiga numa telinha mental. beijos aos dois!

Ju disse...

Queria que hoje fosse amanhã. Ano que vem está muito longe e ainda tenho que escolher um vestido pra ser madrinha do seu casamento...

Thais França disse...

ahaahah, Ju louca! Arruma um noivo para mim primeiro!