24.10.07

Jogo sem fim

Adora futebol, mas, quando o jogo é outro, ele não sabe o que fazer com a bola. Recebe a redonda e a responsa é dele. A torcida grita: “vai, vai lá, tá pertinho, corre, chuta, dribla, encara o babaca que não te deixa ir em frente, cospe, mostra que é macho, faz embaixadinhas pra se exibir e goleia de bicicleta! Não tem ninguém na frente, a bola é só sua, você consegue!”

Mas não. Ele se vê sozinho e a área, livre, parece enorme e complexa demais para ele. Nem ouve a torcida. Apenas pega a bola, abre o baú de brinquedos, a joga lá dentro e diz: “já que você parou eu não quero mais brincar”. Senta no chão, cruza os braços e faz bico.

11 comentários:

Fabio Chiorino disse...

Menino mimado é pior do que juiz ladrão...pode apostar

Anônimo disse...

Querida, acho que vc já deu ibope demais para essa pessoa. Que tal parar? Em TODOS os sentidos e meios.

Thais França disse...

Fábio, verdade!!
Anônimo, pára de ser boboquinha e de inventar que sabe sobre o que escrevo.

Paulo disse...

Thais
Esse menino deve der corintiano ...
Seu pai.

Calebe disse...

Este jogo sem fim é mais bom do que ruim, ou o contrário?

...

Nossa, do nada lembrei de uma coisa: daquela vez que tu tava triste era por que exatamente? Tava perto do seu aniversário que eu sei porque você falou e aí você tava triste.

27 patinhos na lagoa agora, né? Como que você se sente? - o cara das perguntas que ninguém faz, só falta você me apelidar.
...

Dei uma mexida e uma remexida no texto lá da Abstraktus, pois tava muito tosco, imagino. Às vezes me dá um pânico de que as coisas que escrevo possam parecer bregas - acho que por isso tive tanta dificuldade para escrever aquele texto e por isso que, ainda agora, me sinto inseguro quanto a ele. Sabe quando você pensa: "essas não eram bem as minhas sensações, estão fracas demais..."? Então.

Ei, byronista é complicado, hein? Talvez as noites estejam me atravessando assim também, avalio agora.

Beijo

Cybersein disse...

Ah, que inveja de quem consegue conciliar uma escrita boa com essa produtividade toda! Eu já tinha visitado o seu blog antes, acho que por conta do Haja Saco, mesmo.

Bom, sobre a segunda parte que vc postou lá, não desejo isso pra ninguém; mas se rolasse algo assim, acho que eu escreveria, nem que demorasse bastante.

E sobre esse seu post, esse cara não é muito diferente daquele da história que você leu lá.

Vou te linkar lá, ok? Abraço!

Thais França disse...

Calebe, toma um calmante, vc parece agitado demais... pega o fds e dorme! rsss

Pai, deve ser! Quem carrega o brasão tricolor no peito não faz manha, goleia!

Cybersein, esse cara saiu do meu imaginário, mas deve ser uma mistura de muitos caras que conheço/conheci... espero que o do seu, já que tem um "q" desse aqui, leve uns tapas na bunda. Melhora!
bjáo

Ju Guidolin Perrenoud disse...

Sensacional... A bola é minha, não brinco mais... faz bico, vai pra casa, senta e chora... e finge que está tudo bem...

Thais França disse...

Devo a vc o mote, Ju! bjos, barriguda!

Calebe disse...

Dormi pra cacete esse final de semana. Foi bom pra caralho!! - com o pedido de desculpa pelos palavrões.

Thais França disse...

Vc é teenager, pode abusar de palavrões e até iscrever axim